5 itens para ter um café da manhã mineiro

Sem dúvidas, o café da manhã mineiro é um dos melhores do mundo, em breve teremos até estudos que irão comprovara isso. É muita coisa gostosa e que enche nossos olhos e boca de água. Para você que é mineiro e quer caprichar no café, ou para quem não é e quer impressionar as visitas, listamos abaixo 5 itens para criar um café da manhã mineiro oficial.

 

Café da manhã mineiro: Queijo mineiro

Queijo puro, queijo com café, queijo com pão, queijo com biscoito, queijo com goiabada e queijo com tudo. No café da manhã mineiro o que não pode faltar é o queijo. Ah e se você ainda não sabe, o queijo minas é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro, sendo o queijo mais consumido no Brasil.

 

Pão de queijo

Clássico dos clássicos o pãozinho com aspecto elástico nasceu em Minas lá pelos anos de 1700, uma iguaria que hoje é referência da nossa cultura em todo o mundo. O pão de queijo que não pode faltar no café da manhã mineiro se globalizou e é exportado para mais de 50 países, entre eles, Itália, Estados Unidos, Japão e Portugal. Há modificações nas receitas e formatos, mas o que ainda mais agrada, é a tradicional e típica receita mineira. Só de falar já dá para imaginar aquele cheirinho saindo do forno.

 

Bolo de fubá

O bolo preferido das vovós mineiras é o de fubá. Com opções que variam entre o cremoso, de milho, com coco, rapadura ou queijo (olha ele aí de novo), também não pode faltar no café da manhã mineiro. A receita é uma das mais tradicionais da culinária mineira e agrada os mais diversos paladares.

 

Biscoito de polvilho

Sabe aquele crek crek? Então é do biscoito de polvilho que é outra “figurinha carimbada” no café da manhã mineiro. A tradição do biscoito do polvilho sobrevive em várias cidades de Minas, e em algumas os segredos dos biscoiteiros passam de geração em geração. Frito ou assado, o quitute crocante e leve é uma das comidinhas que a gente não consegue parar de comer após a primeira mordida.

 

Café Cheirin Bão

Esse não pode de jeito nenhum faltar no café da manhã mineiro. Além do sabor único e a combinação perfeita com os itens listados acima, o café ainda é muito benéfico para a saúde. Estudos já comprovaram a contribuição da bebida em doses moderadas (de 4 a 5 xícaras de 50 ml por dia) para o rejuvenescimento das células, auxilio na digestão, emagrecimento, controle de doenças e ainda para o coração.

 

E se for da Cheirin Bão melhor ainda. Aí o café da manhã mineiro ficará perfeito, porque é um cafezin especial, com grãos selecionados de sabor e aroma incomparáveis cultivados no Sul de Minas Gerais. Mais mineiro que isso impossível.

 

Já deu até fome ler sobre essas gostosuras. E aí se lembrou de mais algum item que não pode faltar no seu café da manhã mineiro? Então conta para a gente nos comentários e compartilhe nas redes sociais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *