Poucos conhecem: 4 estratégias financeiras

Olá!

Preciso que você leia este post até o final, o conteúdo é fundamental no que tange a estratégia financeira de um negócio.

Ao final da leitura, se tiver interesse em falar mais sobre este ou outro assunto relacionado deixe seu comentário.

Em um negócio, seja uma franquia, licenciamento ou um negócio do zero, uma boa estratégia financeira é fundamental para o sucesso. Escrevi aqui 4 tópicos que devem ser avaliados e que são fundamentais para que o negócio seja rentável.

 

1º CUSTO ADEQUADO COM LOCAÇÃO

Hoje o valor para locação de pontos comerciais pode impactar diretamente no resultado financeiro do negócio.

Na hora de escolher o ponto comercial, deve ter definido claramente, Publico Alvo, Características de Consumo da região, características arquitetônicas do imóvel, tamanho e até quanto poderá gastar com a reforma, tendo tudo isto definido ai sim você terá uma visão mais clara do que realmente você precisará, não investindo mais do que precisa, ou menos que deveria com a locação. Para quem está começando não aconselho compra de um imóvel de maneira alguma, mesmo que já tenha um imóvel, não se prenda nisto, pode ser que ele não reúna as características necessárias para o modelo de negócio, então é melhor aluga-lo para outro fim e locar outra para seu empreendimento.

Ex: O que penso ser um custo ideal sobre o faturamento é de 7% a 10% sobre o faturamento, ou seja  com R$100 mil de faturamento  R$ 10 mil de aluguel máximo, claro que estou falando isso pensando em empreendimentos varejistas seja comércios ou serviços.

2º  Lucratividade

Avalie se os produtos têm bom percentual de lucratividade,  caso seja comercio, no caso de serviço deverá avaliar os insumos utilizados e também a mão-de-obra especializada necessária para a prestação do serviço.

Normalmente investindo em negócios que poderá comprar produtos ou insumos diretamente  do fabricante ou importador direto, sem intermediários no processo você  evitará cascata de margens e de impostos.

3º DESPESA COM  FOLHA

A equipe de colaboradores é essencial para o sucesso de um negócio, porém com o modelo tributário e encargos trabalhistas no nosso país é necessário ter muito bem desenhado qual o quadro necessário de colaboradores e saber o perfil ideal para a empresa.

Então é interessante que dê boas condições e trabalho e remunere adequadamente a equipe, a fim de evitar rotatividade o que impacta diretamente nos custos com acertos trabalhistas, mas principalmente no custo com o treinamento do novo colaborador.

Investir em tecnologia também é essencial, existem  funções que hoje são facilmente otimizadas por sistemas e equipamentos, assim você terá os colaboradores fazendo o melhor deles e atuando onde maquina nenhuma pode atuar.

Contratar Profissionais multi talentosos, assim você terá uma equipe enxuta e capaz de realizar as tarefas com excelência.

Se seu seguimento permitir, opte por turnos de 12 por 36 horas ou até mesmo por atuação home Office em alguns dias da semana, desta forma terá uma redução significativa nas despesas com alimentação e deslocamento, e ainda poderá trazer mais qualidade de vida para o colaborador, pois principalmente nas grandes cidades o deslocamento é uma grande fonte de desgaste e stress para a equipe.

As franquias ou até mesmo os licenciamentos são um bom caminho para quem está iniciando pois a maioria delas já tem esses conceitos de gestão de equipes bem desenvolvidos.

 

4º BAIXO INVESTIMENTO INICIAL

Quem está aprendendo a pilotar um motocicleta, certamente não vai treinar em uma com 1.100 cilindradas, até pode, mas o risco e a chance de acidente é eminente.

Vejo da mesma forma quem está iniciando, seja já experiente investindo em um novo mercado ou quem este realmente abrindo sua primeira empresa, iniciar com grandes investimentos é assumir um risco com chance eminente de fracassar, não somente pelo alto valor de investimento, mas principalmente porque negócios maiores exigem experiências maiores e experiência só se adquire percorrendo o caminho.

Dentro do investimento inicial penso que um dos maiores que se faz é com o aprendizado, principalmente os custos que se somam com os erros. Para minimizar esse custo existem alguns caminhos, você poderá optar por um modelo de franquia que normalmente em franqueadoras sérias já é um modelo testado, você pode também ter um sócio com experiência no seguimento, assim ele evitará que cometam erros que ele já cometeu, também existe a possibilidade de contratar um colaborador com experiência no seguimento para auxilia-lo no desenvolvimento.

Alto ou Baixo investimento pode ser uma questão um tanto quanto subjetiva, pois dependerá da sua reserva financeira ou da sua disponibilidade de comprometimento da sua renda mensal para este investimento.

Existe uma armadilha quando se trata de investimento inicial que é a vaidade, lembre-se que o negócio deve ser funcional e estar equipado para atender bem os clientes, as questões de vontade pessoal ou até mesmo vaidade devem ser esquecidas neste primeiro empreendimento, no meu ponto de vista esses desejos pessoais devem ser deixados de lado  em qualquer empreendimento  ao longo da sua jornada como empreendedor.

 

 

Com esses  4 pontos  bem alinhados a consequência será uma maior lucratividade e um payback ( retorno do investimento) mais rápido, o que possibilitará que você invista em filiais ou até mesmo em novos mercados.

Caso não tenha lido ainda, veja o artigo 4 estratégias mercadológicas  para você avaliar se deve ou não investir em um negócio que complementa este conteúdo.

 

Abraços,

Wilton Bezerra

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *